Agile Marketing, o que é e como funciona 

Agile Marketing, o que é e como funciona 

Ao passo que grandes empresas como o Google e startups de sucesso, como Uber, Spotify e Airbnb, dominaram o mercado, suas metodologias de gestão de projetos se tornaram famosas. Todas elas têm um ponto em comum: a agilidade. Quanto menor for ciclo de planejamento, maior o foco em um projeto e a taxa de colaboração para torná-lo realidade, melhor.

As metodologias ágeis para desenvolvimento de produto e softwares obtiveram resultados tão positivos que seus princípios foram transpostos para outras áreas estratégicas dos negócios, como o marketing. 

Nesse novo mindset do mercado, prevalece ciclos curtos de trabalho, objetivos claros, valorização do teste e foco em resultados e métricas. 

 

Afinal, o que é Agile Marketing?

A metodologia ágil transposta para as estratégias de marketing consiste em diminuir os ciclos de trabalho, priorizar as métricas, valorizar o trabalho conjunto e sempre ter o cliente como centro de qualquer ação. Os quatro princípios do agile marketing são:

– Indivíduos e interações são mais importantes do que processos e ferramentas;

– Estratégias que funcionam são mais relevantes do que uma documentação abrangente;

– Colaborar com o cliente vale mais do que negociar contratos; 

– Responder a mudanças é melhor do que seguir um plano. 

 

De acordo com o Moz, empresa referência focada em SEO, os negócios que apostam em agile marketing tem retornos de 30% a 40% maiores. Um dos principais nomes quando o assunto é essa metodologia ágil aplicada ao Marketing, a AgileSherpas, revelou que dentro desse modelo de trabalho existe 10% melhor divisão de tarefas entre os membros do time; 13% maior visibilidade sobre o status de projetos; 13% identificações mais rápidas de impedimentos e problemas; 14% mais aprimoramento de trabalho; 18% de aumento da qualidade de trabalho; 17% de entregas em menos tempo; e 16% maior alinhamento sobre prioridades do time. 

 

Como aplicar o agile marketing

Dentro de um pensamento ágil, existem diversas metodologias que podem ser utilizadas, como lean, kanban, Scrumban, entre outras. Os times de marketing, porém, têm trabalhado dentro da lógica de Scrum – modelo de gestão de processos que prioriza agilidade e metas – com sprints. 

As sprints nada mais são do que a definição de ciclos para alcançar determinados resultados. O recomendado é que o período delimitado não passe de um mês. No começo da sprint são definidos os objetivos do ciclo e as tarefas de cada um. Diariamente são feitas rápidas reuniões para alinhamento da equipe, chamadas também de Stand-up Meeting, por serem tão rápidas que podem ser feitas em pé. E no final do período é feito um review para acompanhar  as métricas alcançadas e analisar o sucesso das ações. 

 

Mudança de cultura

A eficácia do agile marketing está diretamente relacionada à mudança de mindset das pessoas. Ao conseguir pensar em ciclos curtos, focar as ações e priorizar métricas, é possível encontrar erros mais rápido, testar suposições, superar desafios e alcançar resultados de forma ágil. 

Mesmo dentro de períodos mais curtos focados no projeto, ainda existe planejamento e uma linha mestra de objetivos a serem alcançados  a longo prazo. Para alcançar as metas a curto prazo,as equipes podem e devem contar com ferramentas que facilitem seu trabalho. 

 

A Tail oferece soluções de inteligência de dados que podem ser usadas para facilitar o trabalho ágil dos profissionais de marketing. Conheça nossas soluções.