Os principais cases de uso de dados para orientar a sua próxima estratégia

Os principais cases de uso de dados para orientar a sua próxima estratégia
24

Atualmente, se uma empresa ou negócio não está no ambiente digital, certamente verá suas vantagens competitivas se perderem ao longo do tempo. Indo além, já não é o bastante fazer “morada na rede”, é preciso interpretá-la. Os cases de uso de dados que você encontra neste conteúdo demonstram isso! 

Cada vez mais soluções que transformam o big data em um simple data, coletando, analisando e interpretando dados de forma transparente, em consonância com as regulamentações vigentes, têm se destacado. 

Já não há mais tempo para amadorismo nessas áreas e, por isso, é importante estar por dentro das tendências do mercado, bem como estar ligado às empresas que entendem do assunto. 

Seja na elaboração de estratégias de first, second ou third party data, na adequação à LGPD, na criação de ferramentas robustas de CDP (customer data plataform), ou DMP (data management platform), contar com o auxílio de profissionais capacitados para tais implementações é essencial. 

Essa ação será capaz de manter a sua organização viva, de forma eficiente, em um cenário no qual dados são gerados incessantemente, informações trocadas a cada instante e a atenção do público requisitada por diferentes fontes. 

Além disso, entender como soluções e estratégias funcionam na prática é um ótimo passo para que as suas próximas tomadas de decisão sejam realizadas de forma consciente. 

Nesse contexto, abaixo você confere os principais cases de uso de dados realizados com a Tail.

Sobre a Tail

A Tail (Target, Audience & Lab Insights) é uma empresa líder no mercado de big data e analytics, focada em soluções que desmistificam a complexidade do mundo de dados para seus clientes. 

As soluções diversas são pautadas em garantir a eficiência das relações digitais a partir da análise precisa e em tempo real dos valiosos ativos da modernidade – os dados. 

Quando a ciência de dados ainda vislumbrava quais caminhos poderiam percorrer no Brasil, entre 2010 e 2012, a Tail foi idealizada para ser protagonista em um mercado que até então era liderado por grandes conglomerados, como Google e Facebook. 

Os principais cases de uso de dados com a Tail

Cases de organização de dados com a Tail CDP

Uma Customer Data Platform é uma ferramenta que ajuda as empresas a armazenar, organizar e enriquecer todos os dados que elas possuem de seus clientes, sejam eles de fontes online ou offline.

A CDP consegue analisar informações de diferentes canais, aglutinando as interações no site, aplicativo e redes sociais da empresa. Com isso, os gestores podem ter acesso a como o consumidor está usando os serviços e produtos e no que está interessado.

O potencial de informações e mapeamentos fornecidos por uma Customer Data Platform é tanto que, de acordo com dados divulgados pela Forbes, 78% das empresas têm interesse em adquirir uma plataforma como essa. 

Neste link você entende como empresas transformaram seus resultados com a Tail CDP e viraram cases de organização de dados.

Cases de otimização de resultados com Tail DMP

A solução TAIL DMP (Data Management Platform) compreende uma plataforma que reúne dados da audiência de um negócio, a fim de segmentar seus clientes e garantir à sua empresa um entendimento mais profundo de suas demandas e do cotidiano organizacional. 

O objetivo desta plataforma é compilar, em um único lugar, todas as informações sobre o perfil do consumidor de uma empresa e oferecer insights para segmentação de campanhas, remarketing, criação de personas, análise de comportamento de clientes, entre outros.   

Para fazer isso, a TAIL DMP se utiliza da coleta e análise de dados first, second e third party, posteriormente da aglutinação dos dados dessas diferentes fontes em clusters com características semelhantes, para, enfim, mostrar o perfil do consumidor de um negócio e facilitar segmentações para diferentes fins.

Por meio da plataforma as empresas conseguem ter melhores insights para tomarem decisões e divulgarem seus produtos/serviços de forma mais assertiva e estratégica.  

Neste link você conhece cases de sucesso de otimização de resultados com uso da TAIL DMP e compreende como a plataforma funciona na prática.

Cases de uso de audiência customizada 

Você já pensou em monetizar seus dados? Trabalhar e saber como usar audiências customizadas trata exatamente disso – ativar os valorosos insumos do mundo em rede para um objetivo específico e estratégico. 

A solução de audience marketplace da Tail monetiza dados para segmentação de campanhas em dois âmbitos principais: anunciantes e publishers.

Coletar e interpretar dados pode auxiliar a compreensão do perfil do seu cliente e consegue elaborar ações que sejam mais conectadas com os desejos e anseios do público.

Como as audiências customizadas entregam mais performance às campanhas? É o que você descobre neste link com os principais cases de sucesso da Tail. 

Cases de adequação à LGPD

A solução TAIL CMP é responsável por executar a adequação à LGPD dos mais diferentes negócios. 

A sigla faz menção ao nome do serviço, Plataforma de Gestão de Consentimento, que, de forma prática, elabora ferramentas de aviso e consentimento de dados, permite o acompanhamento do opt-in e opt-out, e contém de outras funcionalidades que melhoram a experiência dos usuários e da sua administração. 

Antes de falarmos sobre nossos três cases de sucesso da área, precisamos saber: você está devidamente familiarizado com a LGPD?!

A Lei Geral de Proteção de Dados (Lei n. 13.709, de 14 de agosto de 2018) já está em vigor desde o ano passado e 2022 marcou o momento em que a Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD), por meio de resolução publicada no Diário da União, deu início ao primeiro ciclo de fiscalização da LGPD, e, consequentemente, às sanções.

Ao contrário do que muito se fala, esse ordenamento não foi criado para burocratizar outra instância da vida humana, a vida nas redes, mas sim como um incentivo à harmonia das relações entre usuários e instituições, além da possibilidade de assegurar garantias de segurança aos dados pessoais. 

 Dessa forma, a LGPD objetiva a manutenção de um ambiente digital confiável, mais seguro e, acima de tudo, transparente, no qual os valorosos insumos em formato de dados não são usados para fins ilícitos.

Em paralelo a isso e em escala global, a curadoria de dados é uma tendência do marketing em 2022. Tanto é que o Google anunciou a eventual desativação de dados third party, priorizando-se as estratégias do first party. 

Ou seja, se o seu negócio ainda não se adaptou às regulamentações das experiências em rede, esse é o momento. 

Neste link você confere como a CMP da Tail auxiliou organizações a se adequarem a essa realidade, em tempo recorde. 

____________________________________________

Tendo em vista esses cases de uso de dados, as próximas ações e planejamentos do seu negócio podem ser mais estratégicos. 

Para isso, conte com as melhores soluções do universo data-drive. Entre em contato conosco!