Como uma Customer Data Platform contribui no Growth Hacking das empresas

Como uma Customer Data Platform contribui no Growth Hacking das empresas
81

Além da efetividade que o universo digital proporciona às empresas, a rastreabilidade que o meio oferece é um diferencial para o crescimento dos negócios. Mais do que coletar dados, é importante organizá-los e unificá-los, de modo que correspondam a um ID único do cliente, independentemente do canal. Poderia ser um sonho, mas nós chamamos de Customer Data Platform (CDP)

Há poucos anos era muito comum ter dúvidas sobre com quem você se comunicava e atingia no ambiente online. Mais comum ainda era a dificuldade de prospectar com mais clareza as reais possibilidades de crescimento e abrangência do seu negócio no ambiente físico e digital.

Isso porque poucas empresas conseguiam trabalhar de forma integrada com os dados que obtinham, bem como classificar a sua relevância e aplicá-los às suas estratégias de conversão. Muitos dados, muita demanda, ao mesmo tempo em que muitos clientes deixaram de ser fidelizados por falta de informações precisas. 

Você se identificou? Independentemente da sua resposta, é interessante avaliar novas perspectivas alinhando a sua trajetória no marketing até aqui ao que você ainda pode conquistar, unindo novas técnicas de crescimento, tecnologias e equipe. Entenda por quê!  

Exercitando o Growth Hacking 

A técnica do Growth Hacking tem ganhado muita visibilidade nos últimos anos, mas se engana quem pensa que é algo recente. Em 2010, Sean Ellis, ex-líder de Growth do Dropbox e do LogMeIn e fundador do Qualaroo e do GrowthHackers, trouxe o conceito como forma de otimizar e estimular o crescimento de empresas, principalmente, voltadas ao marketing digital. 

Para ele, a técnica se aplica por meio de hipóteses e experimentos práticos, a fim de encontrar novas oportunidades e melhorias nos processos internos das empresas, com resultados mais rápidos e com menos custos. 

Assim, o Growth Hacking virou uma prática mais comum e atrativa à equipes e líderes que almejam um crescimento menos pautado nos hábitos mais tradicionais e sim, mais dispostos a correrem riscos, obtendo novos aprendizados e, consequentemente, novas possibilidades. 

Porém, ainda assim, mesmo que o grande diferencial deste conceito seja pelo fato de ser orientado por experimentos, exercitar o Growth Hacking ainda requer uma melhor organização e interpretação de dados e pontos críticos da sua empresa, pois só assim cada gestor poderá entender quais soluções são necessárias para o crescimento do seu negócio.

Customer Data Platform: dados e respostas

Como uma das possibilidades de auxiliar nesta jornada de análises e respostas, os dados são sempre um passo inicial para uma solução. Pois são eles que orientam e indicam o que está ou não funcionando e o que pode ser melhorado.

Contudo, nessa estratégia de análise de dados, a interpretação é o grande desafio. Como traduzir e organizá-los? 

Uma das principais dificuldades das empresas é justamente centralizar e gerir sua base de dados. Assim como, ter de forma eficiente e clara a compreensão das informações de cada consumidor para sua tomada de decisão, seja por meio do ID único de cada cliente, como com identificação de cada nova informação. 

Com isso, uma Customer Data Platform (CDP) pode e deve ser vista como um instrumento de crescimento. Ao coletar, qualificar e unificar os dados de seus clientes, a plataforma proporciona um perfil mais assertivo e otimizado, consequentemente, auxilia na execução de estratégias de marketing e campanhas mais abrangentes e personalizadas, potencializando seus resultados.

A ferramenta é uma grande oportunidade de entender seu cliente, seus desejos e sua jornada de compras. Desta forma, o processo de alcance ao seu consumidor fica mais assertivo e eficiente, além de potencializar novas estratégias e perfis, bem como analisar a própria performance do seu negócio.  


 

Como conquistar o Growth Hacking com uma CDP? 

Como vimos, o Growth Hacking da sua empresa pode ser atingido passo a passo, a cada nova estratégia. Consequentemente, entender quais métodos e métricas acrescentar neste processo é essencial para obter resultados.

Para isso, algumas práticas podem ser vistas como ponto de partida, ao possibilitar o entendimento, as características e a identificação do seu consumidor, assim como, ampliar o alcance sobre determinados perfis vencedores para a sua marca. Confira: 

Experiência Omnichannel 

Possibilite ao seu cliente o acesso à sua empresa em diferentes canais, bem como proporcione uma experiência compartilhada e amigável. Além de estar presente em ambientes digitais e offline, integre as informações e dados do seu usuário, a fim que este não tenha obstáculos entre o mundo virtual e o físico e, sim, veja uma continuidade. 

Desta forma, o processo de coleta de dados necessita de uma gestão, seleção e interpretação precisas, a fim de compreender os desejos e a forma de consumo do seu cliente em cada plataforma e etapa de compra na sua empresa.  

Ao identificar o seu cliente e suas preferências em cada canal, fica mais assertivo oferecer novos serviços.

ID Resolution

Logo, para entender seu cliente não basta apenas ter dados. Todo o processo de interpretação e análise deve estar fundamentada em informações reais de cada cliente. Ao gerar um ID Resolution para cada usuário sua empresa reúne e centraliza todos os dados de forma correta, assim como, acessa de maneira mais eficiente todas as informações e desejos informados pelo seu consumidor final.  

Lookalike

Outro método necessário para o Growth Hacking da sua empresa é ampliar o alcance da sua audiência, o que chamamos de Lookalike. Este tipo de prática visa identificar públicos semelhantes à sua base de clientes, avaliando as características e interesses em comum. 

Porém, para se obter este tipo de extensão de audiência é muito importante conhecer de fato a sua base de dados. Para isso, além de criar um ID único para cada cliente, também é necessário ter o registro deste mesmo perfil em diferentes fontes e formatos.

Neste processo, o Golden Record reúne as informações únicas do seu consumidor, independente do canal que ele consome seu serviço. Além de criar uma visão global da sua marca para o cliente, a técnica também proporciona uma visão sistêmica do cliente para sua base. 

Assim, ao identificar o perfil e os interesses de cada consumidor, o método Lookalike atinge novos clientes e, como consequência, gera novas conversões.   

CDP para gerar resultados 

Com os conceitos e métodos citados acima fica mais fácil de analisar o caminho a ser percorrido para o sucesso da sua empresa. Quando o assunto é resultado, não existe mágica, existe técnica. E neste caso, as possibilidades são diversas e complementares. 

O maior benefício disto é poder encontrar estas ferramentas em um único software, como a Customer Data Platform (CDP). 

Integre e obtenha informações que de fato poderão contribuir para o Growth Hacking da sua empresa, estimulando mais assertividade e qualidade no perfil do seu cliente e nos seus interesses. 

Afinal, nada mais correto do que saber com quem sua marca está se comunicando, em que plataforma, de que maneira e porquê. Potencializando ainda, o crescimento da sua audiência em menos tempo e com uma margem ainda maior de lucratividade.  

Saiba mais sobre a Customer Data Platform (CDP) da Tail. 

Fale com nossa equipe!