Estratégias de geomarketing para utilizar nas suas campanhas

Estratégias de geomarketing para utilizar nas suas campanhas

O geomarketing permite entender os hábitos do consumidor por meio do estudo dos lugares onde esse frequenta. Esta estratégia usa informações sobre a localização das pessoas para direcionar campanhas específicas, criar divulgação orgânica de um negócio e entender o perfil do consumidor. 

 

O geomarketing engloba algumas técnicas, como:

– Geotargeting: quando a localização do usuário é utilizada para segmentar campanhas;

– Site personalizado: quando sites apresentam informações diferentes, como a língua em que é escrito, de acordo com a localização do usuário que o acessa;

– Geofencing: permite segmentar campanhas com dados em tempo real do GPS;

– Check-in: estimula que o consumidor marque nas redes sociais que frequentou certo estabelecimento ou consumiu determinada marca;

– Geotagging: permite que as pessoas marquem os estabelecimentos e ainda divulguem informações adicionais sobre ele.

 

Estratégias

Essas técnicas abrem uma miscelânea de oportunidades para as marcas incrementarem suas campanhas e atingirem o público certo. É possível utilizar o geomarketing em todas as fases do ciclo de venda de uma empresa, aumentando, assim, as chances de conversão. 

1 – Apresentação da marca

Essa estratégia é muito eficaz para apresentar a marca à novos usuários. As empresas podem investir em geofencing a fim de segmentar suas campanhas para as pessoas que estão passando próximo ao estabelecimento ou próximo a um lugar que ative um gatilho de compra. Por exemplo, uma loja de suplementos consegue segmentar uma campanha para as pessoas que frequentam determinada academia por meio de dados localização.

O geotagging é uma ótima estratégia para este fim também, uma vez que o incentivo para que os clientes postem que frequentaram determinado estabelecimento ou que consumiram determinada marca faz com que o negócio seja divulgado para uma rede de contatos de forma quase que orgânica. 

 

2 – Compra

O geomarketing pode ser usado também para despertar o desejo da compra, munir o consumidor de informações e estimular que efetive o negócio. Com uso de geotargeting, por exemplo, a marca mostra opções de produtos ou serviços próximos ao consumidor, facilitando que este vá até um determinado estabelecimento para efetuar a compra, ou que conheça a marca estimulando a confiança para que compre online. 

Com dados de localização de determinada audiência, as empresas conseguem também entender o comportamento dos consumidores, segmentando melhor suas campanhas. Se foi identificado que uma pessoa frequenta diversos restaurantes veganos, por exemplo, é possível segmentar apenas campanhas e conteúdos de produtos com esta característica.

 

3 – Fidelização

Dados de localização do CRM da empresa ou de geofencing podem ajudar a fidelizar os clientes após a compra. Com o registro do bairro ou cidade dos clientes que já consumiram algo de determinada marca é possível segmentar campanhas personalizadas para que este volte a comprar do estabelecimento. 

Por outro lado, o geofencing pode ser usado para lembrar o consumidor da boa experiência que teve em uma loja, por exemplo, sempre que este passar por perto do estabelecimento. Uma mensagem oferecendo um voucher com desconto para a próxima compra quando o cliente está próximo do negócio, pode ser uma boa estratégia de fidelização. 

 

As possibilidades do uso do geomarketing são muitas, basta contar com as ferramentas certas e criatividade para encantar os clientes e apresentar um anúncio na hora exata. A Tail oferece a segmentação da audiência por Geo Behavior e App Behavior, que melhora a execução de estratégias como estas conheça a funcionalidade.