Quando é a hora de investir em uma CDP?

Quando é a hora de investir em uma CDP?

Uma Customer Data Platform, ou CDP, é utilizada para ampliar o conhecimento das empresas sobre seus clientes. A partir de fontes de dados primárias, secundárias e terciárias, a plataforma reúne todas as informações disponíveis sobre determinado consumidor. 

Para isso, ela usa, principalmente, informações pessoalmente identificáveis (PII) primárias. Funciona assim: a plataforma apresenta um banco de dados unificado com informações  online e offline da interação de um determinado cliente com o negócio e por meio de machine learning dá insights sobre como este usa os serviços da empresa, em qual estágio de compra está, como é sua experiência, no que está mais interessado, entre outras inúmeras informações.

A CDP ajuda os profissionais de marketing a terem uma visão universal sobre seus clientes reais. A primeira vista, pode parecer que a solução resolve os problemas de qualquer negócio, mas é preciso se certificar de alguns pontos antes de contratar uma plataforma como essa para saber se é o momento certo de fazer isso. 

Para aproveitar todo o potencial de uma CDP e realmente ter um retorno do investimento na plataforma é preciso entender em qual parte da estratégia do negócio ela se encaixa e como seus resultados serão usados. 

Muitas vezes as empresas contratam a solução achando que uma tecnologia irá resolver todos os seus problemas, mas antes disso, a dor está nos processos do negócio, na falta de estrutura e estratégia no ciclo de vendas. Uma CDP só poderá ajudar, efetivamente, se o papel e o objetivo dela dentro do marketing estiverem bem claros.

Portanto, para fazer um investimento realmente certeiro e aproveitar todos os benefícios de uma CDP, a empresa precisa: 

 

1- Traçar seus objetivos:  Como falamos, ter uma estratégia delimitada e o papel da CDP bem definido é essencial. Não adianta investir em uma solução por conta do seu potencial se a empresa não tem o ciclo de vendas bem fluído e não angaria dados dos seus clientes, por exemplo. Antes de contratar uma CDP, se pergunte:  

 

– A empresa busca unificar e centralizar todos os dados a fim de entender melhor quem são seus clientes?

– A empresa sente a necessidade de adequar os dados que têm em posse a leis, como a LGPD?

– A empresa tem capacidade de usar todos os dados obtidos por meio da plataforma?

– Onde a empresa quer chegar com a análise de dados?

– E a curto prazo, como estas informações serão aproveitadas no dia a dia?

 

2 – Ter dados acessíveis: A base de uma CDP sãos as informações do relacionamento do cliente com o negócio, por isso, a ferramenta faz sentido para as empresas que têm mapeado esses dados, entendem da onde eles vieram, quais estão disponíveis para uso e como podem ser melhor aproveitados. Com esse fluxo claro, fica mais fácil, inclusive, de identificar onde o processo da empresa tem um GAP que a CDP pode atuar.

 

3 – Ter uma dor latente: Muitas empresas se encantam com o poder da tecnologia e a contratam sem ter uma dor latente, ou seja, sem sentir a necessidade de enxergar um perfil universal de seus clientes e mapear seu ciclo de relacionamento com o negócio. Por mais que, neste caso, as empresas ainda consigam aproveitar algumas das vantagens de uma CDP, ela só entregará todo o seu potencial para aquelas que sabem o que querem com a plataforma, entendem qual problema ela resolve e, por consequência, a utilizam de forma estratégica.

 

Com esses processos ajustados, a contratação de uma CDP fará mais sentido e a plataforma trará resultados significativos. Neste estágio a empresa pode ter a segurança de que é o momento certo para investir em uma CDP.

A Tail é uma plataforma de Inteligência de Dados, para estratégias de marketing data-driven, que oferece uma solução de gestão de dados do consumidor (CDP), como de gerenciamento de audiências para segmentação (DMP). Contando com algoritmos de machine learning que ajudam as empresas a identificar o perfil de seus clientes, mapear o seu  comportamento online e offline e, ainda, gerar insights de interação para impulsionar o engajamento. 

 

Conheça a CDP da Tail e torne o marketing da sua empresa cada vez mais estratégico e voltado a dados.