Brand safety e a Mídia Programática

Brand safety e a Mídia Programática

A programática veio mesmo para ficar! 

De acordo com a pesquisa IAB Digital Ad Spend Brasil 2019, o digital recebeu R$ 16 bilhões em investimentos em 2018. A previsão de investimento para 2019 é de um aumento de 30% com relação a 2018.

Mas a publicidade é para ser vista e existe uma grande preocupação dos profissionais de marketing em encontrar o consumidor ideal e fazer uma comunicação mais acertada. 

Assim como em outras mídias, a segurança na entrega da mídia programática não pode ser garantida totalmente. Além de fatores naturais, como desvio do olhar do anúncio ou usuários que fecham a campanha antes de consumir seu conteúdo, existem ainda tecnologias que burlam algoritmos para gerar métricas de sucesso, sem que uma pessoa real tenha sido impactada.

 

Brand Safety

O IAB defende que o conceito de Brand Safety é desenvolver práticas para que os anúncios não sejam ligados a conteúdos inseguros e indesejados. Além disso, esse conceito prevê que as campanhas cheguem ao público alvo certo. 

Manter a marca segura, portanto, é garantir que suas peças estejam no lugar correto, junto de conteúdo adequado e que alcance o target delimitado previamente. Uma DMP pode ajudar a seguir estas linhas, mas existem outros riscos dentro da mídia programática.

As fraudes são um exemplo. Existe uma série de atitudes que podem ser tomadas nestes casos. Em primeiro lugar, é preciso olhar para as agências que estão oferecendo CPMs muito baratos. Se o preço praticado é menor do que o de mercado, desconfie, os resultados podem ser entregues por meio de robôs. 

Procurar por agências sérias é o primeiro passo. O segundo é garantir que o serviço de mídia programática venha junto de um autenticador, para que a veracidade e segurança dos sites onde os anúncios são veiculados sejam verificadas. 

Prestar atenção nas métricas e compará-las com um histórico também contribui para a identificação de fraudes. Se em uma campanha muitos views e cliques são constatados em um período de tempo menor do que o de costume, por exemplo, é possível que estes estejam sendo realizados por robôs.

 

DMPs no combate à fraude na mídia programática

Contar com uma DMP confiável, certificada e com compromisso com a regularidade pode minimizar consideravelmente o risco de fraudes e aumenta as possibilidades de alcance do público correto nos canais adequados. Com a tecnologia, as marcas conseguem ter acesso a dados verificados e reais de audiência, assim, a campanha terá mais chances de ser direcionada para pessoas de verdade, e não robôs.

Ao passo que mapeia o comportamento online de uma determinada audiência, a DMP mitiga os riscos da campanha ser direcionada para CSM Hacking, onde o fraudador cria um site com o domínio do publisher, “clonando” as páginas. Assim, se a campanha for direcionada para o site falso, a empresa estará pagando por impressões irreais.

Além disso, a segmentação dá mais segurança que o público correto enxergue o anúncio. Não basta acertar no site em que aparece o anúncio, a audiência é o foco de todo negócio.

A ferramenta lookalike também ajuda no combate às fraudes, à medida que constrói uma audiência parecida com a que está performando bem em determinada campanha. Dessa forma, as chances de evitar bots é maximizada.

 

Recapitulando

A mídia programática é resultado da evolução da tecnologia, mas ao mesmo tempo que esta traz avanços, ela também se desenvolve para fins não lícitos. Para fugir de fraudes, então, é preciso:

– Ficar atento nas métricas e compará-las;

– Contar com parceiros certificados e em compliance com a LGPD;

– Ter à mão ferramentas de autenticação; 

– Contar com dados seguros para a segmentação correta;

– Garantir a entrega do conteúdo para o público certo; e

– Evitar a veiculação do anúncio junto a conteúdos negativos para a marca.

 

A Tail é uma plataforma de big data analytics, que oferece soluções para segmentação de campanha e gerenciamento de audiências através de uma DMP. A plataforma da Tail também proporciona adequação e conformidade à  LGPD. Solicite uma demo gratuita e veja como obter resultados mais assertivos em suas campanhas.