Como e porque centralizar os seus dados

Como e porque centralizar os seus dados
19

Para ser verdadeiramente estratégico e assertivo em ambientes onlines, a área de marketing precisa ter uma visão 360º de seus clientes. Isso é possível graças ao estudo e análise de dados do perfil e comportamento digital dos consumidores. Com os insumos certos, as marcas conseguem proporcionar uma experiência compatível com os desejos de seus clientes, tornando a jornada muito mais assertiva, ao passo que entendem como esses diferentes comportamentos se transformam em soluções envolventes e automatizadas.

Porém, para poder ter essa visão do todo, gerar insights e ativar os dados, o ideal é que as empresas tenham as informações centralizadas. Podemos fazer um paralelo entre a visão 360º e um quebra cabeça formado por muitas peças, os dados. Existem duas maneiras de juntar todos os pedaços e formar uma imagem: a fácil e a difícil. 

O jeito difícil é deixar as peças todas espalhadas em diferentes lugares da casa, sem nenhum ordenamento, ou seja, buscar dados em diversas fontes, sem organização e automatização, apenas fazendo um compilado de informações para depois tentar encaixar tudo.

O jeito fácil é juntar todas as peças em um único lugar e já separá-las de acordo com suas formas e cores, ou seja, centralizar e categorizar os dados, fazendo as combinações adequadas de forma simplificada e estratégica. 

 

CDP: organize seus dados

Uma CDP tem essa capacidade de reunir todas as informações que uma empresa tem sobre seu cliente e categorizá-las a fim de facilitar suas combinações, análises e ativação. A plataforma é capaz de orquestrar datalakes para automatizar a transformação dos dados a fim de facilitar a tomada de decisão estratégica.

Para tanto, a marca precisa conectar sua base de dados ao sistema fazendo algumas indicações básicas de o que é cada datastore, qual sua base legal e chaves primárias, por exemplo. Assim, por meio de um dashboard interativo e personalizável, quando os profissionais de marketing quiserem fazer a combinação das informações para entender o comportamento de determinado público, é só indicar quais informações querem cruzar.

Usando chaves como CPF, e-mail, telefone, id único da marca ou qualquer outra é possível entender como cada cliente se comporta, como compra, como interage como a marca, entre outros. A partir desses dados, os profissionais podem investir em campanhas personalizadas, remarketing e até mesmo fidelização dos clientes.

Para além dos dados proprietários dos negócios, no entanto, a CDP da Tail  ainda tem embarcada um Marketplace de dados que pode ajudar a enriquecer as informações,  por meio de apenas alguns cliques, com dados terceiros. Assim, é possível expandir o conhecimento que a marca possui sobre seu público-alvo, melhorando as chances de impactar de forma estratégica novos consumidores. 

A plataforma ainda contribui para que os negócios estejam de acordo com as leis de proteção de dados, ao passo que cria um ID para cada informação, a deixando anônima ao mesmo tempo que permite a identificação de uma mesma “família”de dados, facilitando o entendimento do comportamento de cada perfil. 

 

Conheça as possibilidades da CDP da Tail e aumente a visão estratégica do negócio!